O Bruto | O Uber contra-ataca e tenta através das redes sociais pressionar Prefeitura de Salvador

O Uber contra-ataca e tenta através das redes sociais pressionar Prefeitura de Salvador

27/04/2016

Menos de 5 horas depois da Câmara de vereadores de Salvador, aprovar a lei contra o aplicativo, o Uber contra-ataca. “Compartilhe essa imagem se você é A FAVOR DA REGULAMENTAÇÃO do nosso serviço. O Uber é utilizado usado mundialmente, um serviço de qualidade com preço justo, oferecendo uma oportunidade de renda para os mais de 300 mil desempregados de Salvador. Vamos deixar claro nosso posicionamento FAVORÁVEL as autoridades locais que nos representam. #VaiTerUberSim”, diz o comunicado em postagens nas redes sociais oficiais do aplicativo em Salvador. O aplicativo tenta buscar no usuário um aliado para pressionar as autoridades municipais. Em São Paulo deu certo e depois de 3 meses da lei proibindo também o Uber por lá, o prefeito Fernando Haddad fez um decreto autorizando a utilização do aplicativo e utilização dos carros. Será que a pressão também vai funcionar por aqui. A lei é  um alicerce para a proibição, mas quem dá o veredito final é sempre o prefeito da vez, no caso Acm Neto.

Notícias Relacionadas

TREMENDAL

Homem é preso na Bahia por esquartejar esposa no Natal

auxilio

Na Bahia, João Roma promete Auxílio Brasil permanente

politica

Após aprovação do relatório final da CPI, Trump divulga mensagem a Bolsonaro

bahia

Governo prorroga decreto que libera eventos com até 500 pessoas na Bahia

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO