O Bruto | Aúdio de “zap” é falso: vacina de febre amarela não mata

Aúdio de “zap” é falso: vacina de febre amarela não mata

08/04/2017

Um áudio que circula pelo aplicativo, uma mulher afirma que uma “dermatologista” foi ao programa de Roberto Canazio, na Rádio Globo,  e alertou que a vacina contra a febre amarela tem índice de mortalidade de 50%. Ou seja, metade das pessoas que tomam a vacina morrem. Mas a verdade é que,  tudo não passou de uma má interpretação da ouvinte. As informações que circulam nas redes são falsas e foram desmentidas por vários infectologistas. “Não faz sentido nenhum se criar uma vacina onde os danos são maiores que os beneficíos”, disse Fábio Santos Amorim, infectologista. A primeira falha é quando ela diz que a médica que foi ao programa era uma “demartologista”, quando na verdade se trata de uma reumatologista, especialidade confirmada pelo próprio Canazio. A segunda e mais grave falha, é quando ela afirma que a médica diz que a vacina contra a febre amarela mata 50% dos vacinados.

Notícias Relacionadas

auxilio

Na Bahia, João Roma promete Auxílio Brasil permanente

politica

Após aprovação do relatório final da CPI, Trump divulga mensagem a Bolsonaro

bahia

Governo prorroga decreto que libera eventos com até 500 pessoas na Bahia

entretenimento

Ivete Sangalo recebe convidados baianos no Música Boa Ao Vivo de amanhã (31)

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO