O Bruto | MP promove reunião para debater crise nas maternidades públicas

MP promove reunião para debater crise nas maternidades públicas

17/02/2016
A situação das principais maternidades da Bahia foi alvo de discussão durante uma reunião que aconteceu na terça-feira (15), na sede do Ministério Público estadual, no CAB. Ontem mesmo O Sistema é Bruto denunciou uma gestante, de 42 semanas, que peregrinava na frente da Maternidade Tsylla Balbino.
Sob o comando do coordenador do Centro de Apoio Operacional da Saúde Pública (Cesau), promotor de Justiça Rogério Queiroz, a reunião contou com a participação de representantes dos governos Estadual e Municipal. Durante o debate foi discutida  a mudança de perfil da Maternidade de Referência Professor José Maria de Magalhães Neto, que teria direcionado sua ação para a área de alto risco, não atuando no risco habitual, o parto natural.
Outro ponto destacado foi o fato de que outras unidades, a exemplo do Centro de Parto Natural da Mansão do Caminho, têm tido disponibilidade de vagas, chegando a ficar com leitos ociosos. Uma terceira reunião de continuidade já está marcada para o dia 21 de março para que os participantes tragam propostas de solução para os problemas apontados.

Notícias Relacionadas

auxilio

Na Bahia, João Roma promete Auxílio Brasil permanente

politica

Após aprovação do relatório final da CPI, Trump divulga mensagem a Bolsonaro

bahia

Governo prorroga decreto que libera eventos com até 500 pessoas na Bahia

entretenimento

Ivete Sangalo recebe convidados baianos no Música Boa Ao Vivo de amanhã (31)

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO