O Bruto | Conselho de Ética vota pela cassação de Eduardo Cunha; Tia Eron votou contra o ex-presidente

Conselho de Ética vota pela cassação de Eduardo Cunha; Tia Eron votou contra o ex-presidente

14/06/2016

O Conselho de Ética da Câmara aprovou nesta terça, por 11 votos contra 9, relatório que pede a cassação do mandato de Eduardo Cunha, presidente afastado da Câmara. Os parlamentares endossaram o texto Marcos Rogério (DEM-RO), que defende que Cunha perca o mandato por quebra de decoro parlamentar. Segundo ele, há provas robustas de que Eduardo Cunha recebeu vantagens indevidas no esquema de corrupção da Petrobras investigado pela Operação Lava Jato e mentiu sobre o fato à Comissão Parlamentar de Inquérito que investigava as irregularidades na petroleira. O relatório tem de ser, agora, submetido ao plenário da Câmara. Se aprovado, o peemedebista, que conta ainda com aliados na Casa, será, por fim, cassado. 

O voto mais esperado, da deputada baiana Tia Eron (PRB-BA), surpreendeu a muitos. Em um discurso inflamado, e abusando da retórica, Eron criticou os colegas e a imprensa que julgaram sua conduta antecipadamente. “Vocês deveriam estudar a ‘desconstrução do que parece óbvio’, voto com minha consciência, e não posso absorver o acusado. meu voto é favorável ao parecer do relator”, disse a parlamentar.

Notícias Relacionadas

TREMENDAL

Homem é preso na Bahia por esquartejar esposa no Natal

auxilio

Na Bahia, João Roma promete Auxílio Brasil permanente

politica

Após aprovação do relatório final da CPI, Trump divulga mensagem a Bolsonaro

bahia

Governo prorroga decreto que libera eventos com até 500 pessoas na Bahia

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO