O Bruto | “Dilma não vai renunciar. Essa é mais uma mentira da Globo, que mente e sonega imposto. É imprensa partidária”, dispara deputado Marcelino Galo (PT)

“Dilma não vai renunciar. Essa é mais uma mentira da Globo, que mente e sonega imposto. É imprensa partidária”, dispara deputado Marcelino Galo (PT)

03/05/2016

A informação do site o Globo que a presidente Dilma Rousseff poderá renunciar, nesta sexta-feira (6), foi desmentida pelo deputado estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), Marcelino Galo. Em entrevista a Rádio Vida FM (106,1), nesta terça-feira (3), ele negou a saída espontânea da governante e acusou o grupo de comunicação Globo de mentiroso. “Ela  não vai renunciar. Essa é mais uma mentira do grupo Globo, que mente e sonega imposto, é imprensa partidária”, disparou.

Segundo ele, a presidente que resistiu a tortura da ditadura militar, aos 19 anos, não cederia agora. Ele garante que ela não pedirá para sair do governo, embora concorde que o afastamento pelo Senado será inevitável. “Dilma foi torturada com 19 anos de idade e não falou nada. Isso não existe, ela não vai renunciar, uma mulher de fibra, guerreira. É uma mulher que representa um projeto honesto, uma grande mulher”, afirmou.

Galo disse ainda que Rede Globo teve uma participação importante no processo de impeachment que intitula de golpe. “A direita perdeu a capacidade de ganhar eleições e partiu para esse golpe baixo. A Rede Globo que organiza a direita, como fez em 64, na ditadura. Mente e isso não é opinião do PT”, disse.

O parlamentar falou também sobre indefinição do nome do pré-candidato a Prefeitura de Salvador que só será anunciado em junho. Galo defende que o partido tenha um nome próprio e assegurou que a legenda tem debatido muito com intuito de definir quem será o candidato. “Precisamos de uma liderança, uma candidatura que expresse o trabalho que o Governador Rui Costa tem feito. Nome que seja um porta voz, que defenda o legado do PT, a democracia, a identidade do projeito. O PT não pode abrir mão, o PT precisa de um nome. Uma liderança política que represente isso. Temos que reconhecer que temos dificuldades, estamos fazendo um debate interno, precisamos de mais tempo”, afirmou.

Notícias Relacionadas

TREMENDAL

Homem é preso na Bahia por esquartejar esposa no Natal

auxilio

Na Bahia, João Roma promete Auxílio Brasil permanente

politica

Após aprovação do relatório final da CPI, Trump divulga mensagem a Bolsonaro

bahia

Governo prorroga decreto que libera eventos com até 500 pessoas na Bahia

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO