O Bruto | Enquanto governo negocia com Marinha para Centro de Convenções no Comércio, estrutura do Stiep é demolida pouco a pouco

Enquanto governo negocia com Marinha para Centro de Convenções no Comércio, estrutura do Stiep é demolida pouco a pouco

13/03/2017

Devagarzinho, o Centro de Convenções da Bahia, está indo para o chão. Quem passa pelo local percebe que pouco a pouco a estrutura está sendo demolida. Técnicos da construção civil e equipamentos são vistos no local que logo, logo desaparecerá na capital baiana. Famoso por reunir milhares de pessoas, de fora da Bahia, para congressos e seminários diversos, o Centro deixará de existir. O governo pouco fala sobre o assunto. As tratativas são de que um um mesmo equipamento será instalado na área onde funciona atualmente a sede dos fuzileiros navais e o Hospital Naval, no Comércio. Mas embora “venda esse peixe”, a Marinha ainda segue avaliando se irá cede sua área ao governo do Estado.

“Estamos agora vendo apenas como será feita a indenização pelo Estado à Marinha, com a alternativa inclusive de construirmos uma nova base para os fuzileiros na região de Aratu”, diz o secretário de Turismo, Nelson Pelegrino. Informações anteriormente divulgadas na imprensa davam conta de que o projeto prevê um equipamento com capacidade para receber eventos de até 30 mil pessoas. Até então, as negociações haviam sido iniciadas, mas a Marinha ainda estava estudando por considerar a área estratégica. O governo nega que esteja demolindo o antigo Centro e diz que a movimentação no local seria por conta de uma obra.

Notícias Relacionadas

auxilio

Na Bahia, João Roma promete Auxílio Brasil permanente

politica

Após aprovação do relatório final da CPI, Trump divulga mensagem a Bolsonaro

bahia

Governo prorroga decreto que libera eventos com até 500 pessoas na Bahia

entretenimento

Ivete Sangalo recebe convidados baianos no Música Boa Ao Vivo de amanhã (31)

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO