O Bruto | “Estamos caminhando para um Carnaval totalmente sem cordas. Quem quiser requinte vá para camarotes”, disse secretário de Cultura Portugal

“Estamos caminhando para um Carnaval totalmente sem cordas. Quem quiser requinte vá para camarotes”, disse secretário de Cultura Portugal

01/02/2016

Defensor legítimo do Carnaval sem cordas, o secretário estadual de Cultura, Jorge Portugal, falou sobre o Carnaval, apoiado pela Secretaria de Cultura e parceiros da iniciativa privada. Em entrevista a Rádio 106,1 FM, ele comentou sobre a tendência da festa de rua. Portugal aposta que nos próximos anos não haverá mais blocos de cordas desfilando.

“Torço por um Carnaval magnífico totalmente sem cordas. Quem quiser luxo e requinte vai para os seus camarotes, assim como era antes, a burguesia ia para os bailes no Baiano de Tênis. Não sou a favor de bloco de cordas, limitando o espaço das pessoas, deixem a rua para o povo”, disse.

O secretário falou ainda sobre a disputa entre o governador da Bahia, Rui Costa e o prefeito de Salvador, ACM Neto, para ver que entrega mais obras. Na opinião de Portugal, essa competição é benéfica e quem sai ganhando o povo. “Estou amando essa “briga”, quem ganha é o povo”, disse.

Durante a entrevista, ele disse ainda que não há um centavo no pagamento dos cachês de Ivete Sangalo e Bel Marques para o desfile sem cordas, na quinta-feira de Carnaval. “Não tem nenhum centavo do governo do estado nisso, que está pagando é Caixa e o Banco do Brasil”, disse ele.

Notícias Relacionadas

auxilio

Na Bahia, João Roma promete Auxílio Brasil permanente

politica

Após aprovação do relatório final da CPI, Trump divulga mensagem a Bolsonaro

bahia

Governo prorroga decreto que libera eventos com até 500 pessoas na Bahia

entretenimento

Ivete Sangalo recebe convidados baianos no Música Boa Ao Vivo de amanhã (31)

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO