O Bruto | INSS pode parar em setembro por falta de recursos, diz nota técnica da direção do órgão

INSS pode parar em setembro por falta de recursos, diz nota técnica da direção do órgão

29/08/2019 Por: Redação

A exemplo do que vem acontecendo com outros órgãos federais, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pode fechar agências, ficar sem serviços e deixar de emitir benefícios previdenciários, em setembro, caso o governo não libere recursos contingenciados daquela autarquia.

A informação consta em nota técnica assinada dia 15 passado, pela servidora Indira de Farias Cunha, coordenadora geral (substituta) de Orçamento, Finanças e Contabilidade do INSS. Segundo ela, atualmente, o INSS conta apenas com R$ 52 milhões mensais para custear os serviços de vigilância e limpeza; água, luz, telefone, reprografia, correio e manutenção predial.

De acordo com cálculos da Diretoria de Finanças, para o INSS manter o básico até o final do ano, seriam necessários R$ 118 milhões em setembro, R$ 118 milhões em outubro e R$ 105,32 milhões em novembro. As unidades descentralizadas (gerência e agências) foram as mais atingidas com o contingenciamento de recursos.

O INSS tem, hoje, aproximadamente 3.700 contratos continuados em vigência nas unidades da autarquia e 46,6% dos recursos para esse contratos foram bloqueados pelo Ministério da Economia. Para bancar todos os serviços e contratos, o órgão necessita de ao menos R$ 87 milhões por mês.

A nota técnica da coordenadora (substituta) das finanças do INSS se posiciona pelo descontingenciamento orçamentário mensal proposto e esclarece que o “não atendimento à solicitação acarretará graves prejuízos na prestação dos serviços nas unidades do INSS, bem como danos irreparáveis à imagem da Autarquia”, diz Indira Cunha.

Notícias Relacionadas

Brasil

Novas regras para tirar CNH e ACC valem a partir de hoje

economia

Receita libera pagamento do 4º lote de restituição do IR 2019

Economia

Agências da Caixa ampliam horário nesta sexta para saques do FGTS

Rio de Janeiro

Incêndio em hospital deixa pelo menos dez mortos

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO