O Bruto | Justiça nega pedido para suspender obras do BRT

Justiça nega pedido para suspender obras do BRT

16/05/2018

O juiz da  7ª Vara da Fazenda Pública de Salvador, Glauco Dainese, indeferiu a liminar que solicitou a paralisação das obras do BRT, requerida pelos advogados Jonathan Augusto Oliveira de Lima, Luan Azevedo Baptista D’alexandria e Pablo Vieira Barreiros Barreto.

A ação popular contra a prefeitura e o Consórcio BRT Salvador foi protocolada no dia 7 de maio e questionava a viabilidade e o impacto ambiental causado pelas obras do modal modal. “a existência de prejuízos ambientais e paisagísticos com a implantação do projeto”, afirma a petição.

Na decisão, o juiz Glauco Dainese afirmou que “A petição inicial não possui documentos robustos que comprovem ilegalidades no projeto. Optaram por trazer aos autos notícias e manifestações populares pela insatisfação com o projeto. Tais documentos não são capazes de afastar a presunção de legalidade dos atos administrativos” e que “O Poder Judiciário não pode substituir o Poder Executivo em decisões administrativas”, portanto indeferindo a liminar.

Notícias Relacionadas

Eleições 2018

Alunos do IFBA realizam protesto e pedem presença de Bolsonaro em debates

Polícia

5ª CIPM localiza traficante envolvido em mortes durante ‘paredão’ de som

Veja Vídeo!

Serginho, cantor do Adão Negro tem carro roubado no Caminho das Árvores

Economia

BB lidera ranking de reclamações no terceiro trimestre

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO