O Bruto | Ministro do STF adia prazo de investigação contra Lúcio Vieira Lima

Ministro do STF adia prazo de investigação contra Lúcio Vieira Lima

16/05/2018 Por: Redação

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin confirmou nesta quarta-feira (16), o adiamento por mais 60 dias o prazo final para a conclusão de inquérito que apura o suposto recebimento de propina por parlamentares para aprovar medida provisória de interesse da Odebrecht.

De acordo com o G1, são investigados os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), os senadores Renan Calheiros (MDB-AL) e Romero Jucá (MDB-RR) e o deputado federal Lúcio Vieira Lima (MDB-BA).

 

Notícias Relacionadas

Economia

BB lidera ranking de reclamações no terceiro trimestre

Imposto de Renda

Receita Federal paga hoje o quinto lote de restituições do Imposto de Renda

Eleições 2018

Em todo Brasil 2,4 mil urnas apresentaram defeito no primeiro turno

Outubro Rosa

Câncer de mama já matou 217 mulheres em Salvador este ano; Campanha vai intensificar as ações de diagnóstico

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO