O Bruto | PP ameaça abandonar o barco e situação do governo Dilma Rousseff pode ficar ainda pior

PP ameaça abandonar o barco e situação do governo Dilma Rousseff pode ficar ainda pior

11/04/2016

O PP pode abandonar o barco e a situação do governo federal pode ficar ainda pior. Além da saída do forte aliado, Dilma começa a semana com os fortes indícios da aprovação do parecer que pede o impeachment. Há ainda a Operação Lava Jato. Todo esse cenário deixa o Palácio do Planalto pessimista na semana decisiva para a defesa do mandato da presidente. Nem a queda de 68% para 61% no apoio ao afastamento, apontada pelo Datafolha, melhorou os ânimos.

Todo o trabalho feito pelo ex-presidente Lula e pelo governo de prometer cargos e verbas para os partidos que podem ocupar o espaço deixado pelo PMDB, como PP, PR e PSD, parecia estar garantindo os 172 votos que barram o processo de impeachment -ou pelo menos evitar que os opositores alcancem os 342 deputados necessários enviar o pedido ao Senado.

Dois fatores complicaram a equação. Primeiro, a delação de ex-executivos da Andrade Gutierrez implicando as campanhas de Dilma com dinheiro do petrolão, revelada quinta, 7, pelo jornal Folha de S.Paulo. Segundo, a ação do PMDB do vice-presidente Michel Temer, que está abordando todos os procurados por Lula com perspectiva de poder. O movimento no PP ao longo do fim de semana parece comprovar o tom mais cauteloso dos governistas sobre a batalha do domingo, 17, quando deverá ser votado no plenário da Câmara a

 

Notícias Relacionadas

auxilio

Na Bahia, João Roma promete Auxílio Brasil permanente

politica

Após aprovação do relatório final da CPI, Trump divulga mensagem a Bolsonaro

bahia

Governo prorroga decreto que libera eventos com até 500 pessoas na Bahia

entretenimento

Ivete Sangalo recebe convidados baianos no Música Boa Ao Vivo de amanhã (31)

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO