O Bruto | Prefeitura anuncia mais uma etapa para a construção da Estação Cidadela do BRT

Prefeitura anuncia mais uma etapa para a construção da Estação Cidadela do BRT

19/06/2019 Por: Redação

A Prefeitura de Salvador informa que uma nova etapa das obras de infraestrutura para a construção da estação Cidadela do BRT será iniciada nesta quarta-feira (19), na pista marginal da Avenida ACM, no trecho entre a entrada da Polêmica e a Comercial Ramos.

Para reduzir o impacto das intervenções no trânsito da região, a Prefeitura autorizou que as obras só começassem durante as férias escolares, aproveitando também o feriadão de Corpus Christie e São João, quando há grande redução do fluxo de veículos na localidade.

Os trabalhos consistem na execução de serviços de terraplanagem, fundação dos elevados, drenagem do canal, supressão vegetal e demais serviços necessários à implantação da infraestrutura.

No período de execução dessa etapa das obras do BRT, haverá, em determinados horários, o estreitamento da pista marginal da Avenida ACM. É recomendável que, durante as intervenções, se evite transitar na região.

Quando estiver concluído, o BRT (Bus Rapid Transit) vai diminuir o tempo de tráfego nas vias, de forma que os usuários do transporte público ganhem em conforto, segurança e em melhor locomoção na hora de ir para casa, trabalho ou a um local de lazer, através de corredores exclusivos por onde irá trafegar um ônibus articulado, mais rápido e confortável.

As intervenções fazem parte do eixo Investe do programa Salvador 360 e as obras, que estão em ritmo acelerado, são executadas pelo Consórcio BRT Salvador, formado pela Camargo Correa Infraestrutura S.A., Construções e Comércio Camargo Correa S. A. e Geométrica Engenharia de Projetos Ltda.

Com o novo modal, a cidade dá mais um grande salto na área de mobilidade. Isso porque a obra vai possibilitar a criação de linhas exclusivas, em corredores de tráfego próprios e segregado das demais vias, que vão reduzir o tempo do soteropolitano no trânsito e melhorar a mobilidade em regiões críticas. O sistema será integrado ao metrô. Este primeiro trecho terá 2,9km de extensão e vai ligar o Loteamento Cidade Jardim (Parque da Cidade) à região do Shopping da Bahia (Estação de Integração BRT/Metrô).

Viadutos e elevados – O BRT terá capacidade de beneficiar 31 mil pessoas por hora, em horários de pico. Os veículos utilizados pelo sistema serão do tipo ônibus articulados com capacidade para 170 passageiros, portas largas e comprimento máximo de 23 metros, operando a uma velocidade comercial de 25 a 40 km/h. Os tempos de percurso serão significativamente reduzidos se comparados aos atuais níveis de operação.

Intervenções divididas em etapas – Uma das mais importantes intervenções viárias já realizadas na capital baiana, o sistema BRT englobará mais duas etapas. O segundo trecho, do Cidade Jardim (Parque da Cidade) até a Estação da Lapa, terá 5,5km de extensão. Deste modo, os trechos de corredores exclusivos ligarão a Estação da Lapa à região do Shopping da Bahia, atendendo inclusive a população do entorno das avenidas Vasco da Gama, Juracy Magalhães e ACM, no chamado “centro nervoso” da primeira capital do Brasil e num traçado totalmente diferente daquele feito pelo metrô. O projeto foi idealizado para fazer a integração entre os dois principais polos econômicos da cidade: o Centro Histórico e a região do Iguatemi.

O percurso total, em ônibus articulados e climatizados, será completado em 16 minutos e permitirá ao passageiro se deslocar na rede de transporte público para outros pontos da cidade. Vale lembrar ainda que as obras envolvem obras de macrodrenagem, urbanização e paisagismo, além da implantação de ciclovias.

Nos demais trechos serão implantadas novas vias exclusivas para o sistema e as intervenções também contarão com obras de macrodrenagem, urbanização e paisagismo ao longo do corredor de transporte e implantação de ciclovias.

Expansão – Também está previsto no BRT o projeto de expansão (etapa três), que vai do Parque da Cidade ao bairro da Pituba, nas imediações do Posto Namorados. Com 1,8km, essa terceira etapa prevê a implantação das estações Parque da Cidade e Itaigara, além do Terminal Pituba, que fará integração com outros modais.FacebookTwitterWhatsApp

Notícias Relacionadas

Violência de gênero

Preso em flagrante mantinha companheira em cárcere privado

dividas municipais

Tributos municipais poderão ser pagos com cartão de crédito e débito

Salvador

Vereadores antecipam votação de vetos ao projeto de transporte por aplicativo

Salvador

Limpurb atua para retirar manchas de óleo nas praias de Pituaçu e Pedra do Sal

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO