O Bruto | “Pretendo voltar para o Senado no máximo até o final do ano”, garante Pinheiro, atual secretário de Educação

“Pretendo voltar para o Senado no máximo até o final do ano”, garante Pinheiro, atual secretário de Educação

20/03/2017

O senador licenciado Walter Pinheiro (sem partido), atual secretário estadual de Educação da Bahia, não deve passar muito tempo na pasta. Em entrevista ao Programa Na Boca do Povo, na Rádio Excelsior FM (106,1) e AM (840), nesta segunda-feira (20), ele assegurou que vai cumprir os compromissos com a Secretaria e no máximo até o final de ano estará de volta ao Senado, em Brasília. Com relação a escolha da sua nova silga, preferiu não comentar. Pinheiro disse apenas que recebeu convites e na hora certa decidirá qual será seu partido.

“2018 está longe, mas as decisões precisam ser tomadas em 2017. Conversei com o governador e vou cumprir algumas metas na secretaria. Meu meu caminho de volta ao Senado é certo, mas preciso concluir esse processo na educação. No máximo até o final do ano”, disse. O secretário falou ainda que tem evitado conversar com representantes partidários para evitar expectativas. No entanto, revelou que já recebeu convites do PSD,
PDT, PSB. “Até setembro,vou ver os passos que darei. Quero sim voltar para o Senado para ajudar o país”, reforçou Pinheiro.

 Durante a entrevista ele falou sobre a Reforma da Previdência e foi claro ao se posicionar totalmente contra o projeto. “Vai sobrar para viúvas, aposentados e mais pobres. Se cobrassem as empresas que devem a Previdência, arrecadaria três vezes o valor do que se deve hoje. O foco não é aí, adicionar mais 15 anos de trabalho para pessoas. Quem vai sofrer é o filho de pobre que precisa ir para o mecado de trabalho. Querem mexer na Previdência, cobra das empresas que devem. Agora dizer que todo mundo que está na boca para se aposentar vai trabalhar mais 15 anos. Não existe!”, revelou.

Pinheiro falou ainda sobre os projetos da Secretaria de Educação e garantiu que o principal deles é que todas as 1.300 escolas que integram a rede na Bahia tenham coordenadores pedagógicos até a sua saída da pasta.

 

 

Notícias Relacionadas

auxilio

Na Bahia, João Roma promete Auxílio Brasil permanente

politica

Após aprovação do relatório final da CPI, Trump divulga mensagem a Bolsonaro

bahia

Governo prorroga decreto que libera eventos com até 500 pessoas na Bahia

entretenimento

Ivete Sangalo recebe convidados baianos no Música Boa Ao Vivo de amanhã (31)

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO