O Bruto | STF concede prisão domiciliar a advogado de Cerveró

STF concede prisão domiciliar a advogado de Cerveró

24/02/2016

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki concedeu hoje (24) prisão domiciliar ao advogado Edson Ribeiro, que atuou na defesa do ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró na Operação Lava Jato. Ribeiro está preso desde novembro do ano passado em um presídio do Rio de Janeiro.

Edson Ribeiro é investigado na fase da Lava Jato que prendeu, no ano passado, o senador Delcídio do Amaral (PT-MS); e o chefe de gabinete do senador, Diogo Ferreira; e o banqueiro André Esteves, dono do Banco BTG Pactual. Ribeiro é o único que ainda está preso.

As prisões dessa fase da operação foram embasadas por uma gravação apresentada à Procuradoria-Geral da República por Bernardo Cerveró, filho de Nestor Cerveró. Segundo a procuradoria, Delcídio ofereceu R$ 50 mil por mês para a família de Cerveró e ajuda em um plano de fuga para evitar a delação premiada do ex-diretor. De acordo com as investigações, Edson Ribeiro participou da negociação.

Notícias Relacionadas

auxilio

Na Bahia, João Roma promete Auxílio Brasil permanente

politica

Após aprovação do relatório final da CPI, Trump divulga mensagem a Bolsonaro

bahia

Governo prorroga decreto que libera eventos com até 500 pessoas na Bahia

entretenimento

Ivete Sangalo recebe convidados baianos no Música Boa Ao Vivo de amanhã (31)

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO