O Bruto | Tinoco diz que Saltur não pediu para Daniela parar de cantar em frente ao camarote da PM

Tinoco diz que Saltur não pediu para Daniela parar de cantar em frente ao camarote da PM

03/03/2017

A versão que foi afirmada em nota pela assessoria da cantora baiana, Daniela Mercury, de que a Saltur orientou ela a parar de cantar, na altura do Quartel dos Aflitos, no Campo Grande, para evitar o choque com o Bloco as Muquirinas, na terça-feira de Carnaval, foi desmetida pelo secretário de Turismo, Cláudio Tinoco. Em entrevista ao Programa Na Boca do Povo, da Rádio Excelsior FM (106,1), nesta sexta-feira (3), Tinoco afirmou que conversou com o responsável pela pasta, Isaac Edington, e não houve nenhum posicionamento oficial sobre a “desculpa” dada pela artista.

Daniela passou em silêncio em frente ao que seria o camarote da Polícia Militar da Bahia. Em um vídeo publicado nas redes sociais, a cantora, que renovou os votos de casamento com sua esposa no decorrer da folia, aparece discutindo com alguns foliões e fazendo gestos obscenos. “Até entendo que ela queira parar de cantar, mas não houve nenhuma orientação da Saltur, até porque o marco é o Largo dos Aflitos e todos os outros artistas cumpriraram todo trajeto”, explicou Tinoco.

Notícias Relacionadas

auxilio

Na Bahia, João Roma promete Auxílio Brasil permanente

politica

Após aprovação do relatório final da CPI, Trump divulga mensagem a Bolsonaro

bahia

Governo prorroga decreto que libera eventos com até 500 pessoas na Bahia

entretenimento

Ivete Sangalo recebe convidados baianos no Música Boa Ao Vivo de amanhã (31)

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO