O Bruto | TJ-BA rejeita recurso contra condenação de Almiro Sena; promotor pode ser preso a qualquer momento

TJ-BA rejeita recurso contra condenação de Almiro Sena; promotor pode ser preso a qualquer momento

15/05/2019 Por: Redação

Justiça

Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) negou os embargos interpostos pela defesa do promotor de Justiça Almiro Sena contra a decisão que o condenou a 4 anos, 5 meses e 15 dias de prisão por assediar sexualmente servidoras da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos da Bahia.

Com isso, fica aberta a possibilidade de Almiro começar a cumprir a pena, já que ele foi julgado em segunda instância. O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou, em julgamento feito em 2016, que condenados em segundo grau iniciem o cumprimento das sentenças sem o trânsito em julgado dos processos.

A denúncia contra Almiro Sena foi recebida pelo TJ-BA em maio de 2015 (saiba mais). As vítimas chegaram a falar sobre o caso, em maio daquele ano, no Fantástico, da TV Globo. O promotor já foi preso em regime domiciliar, mas conseguiu um habeas corpus e respondeu ao processo em liberdade. 

Notícias Relacionadas

Segurança Pública

Graer ganha novos comandante de aeronave e operadores aerotáticos 

Quem vai?

1ª Maratona dos pelados causa polêmica entre vereadores de Salvador

Salvador

Marinha estende alerta de mau tempo no litoral baiano

Euclides da Cunha

Cipe Nordeste erradica cerca de 10 toneladas de maconha

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO