O Bruto | Vereador Joceval define decisão do Comae como “politicagem”

Vereador Joceval define decisão do Comae como “politicagem”

26/05/2016

A prefeitura ainda não foi notificada sobre a decisão do Conselho Municipal de Alimentação Escolar (Comae)  sobre a recomendação de rejeitar contas do prefeito ACM Neto (DEM) por inadequação na merenda oferecida nas escolas. A informação é do líder da maioria na Câmara de Vereadores de Salvador, Joceval Rodrigues (PPS). Ele diz que a medida é “estranha” e seria fruto de “politicagem” do órgão. “Primeiro ponto é que não existe reprovação, porque só quem tem poder para tal é o FNDE [Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação], que é quem repassa [os recursos]. Só haveria riscos às contas do prefeito se a rejeição fosse do Fundo Nacional. O conselho acompanha e emite um parecer. Não tem força”, afirmou o edil.

Segundo Rodrigues, o mesmo colegiado já tinha consentido a gestão da alimentação dos estudantes na última avaliação. “O segundo ponto que eu não estou entendendo é como o conselho dá um parecer desaprovando as contas de 2015 e, no ano passado, aprovou tudo? Não teve ressalva nem nada. Por que aprovou em 2014 e, com a mesma equipe, com o mesmo procedimento, reprovou este ano? É o momento?”, indagou Joceval, ao cogitar que o relatório foi contaminado pelo ano eleitoral, já que a presidente do Comae, Hércia Azevedo, é filiada não só ao sindicato dos professores (APLB), mas também ao PCdoB, partido que tem como pré-candidata a prefeita a deputada federal Alice Portugal.

Com informações do Bahia.ba

Notícias Relacionadas

TREMENDAL

Homem é preso na Bahia por esquartejar esposa no Natal

auxilio

Na Bahia, João Roma promete Auxílio Brasil permanente

politica

Após aprovação do relatório final da CPI, Trump divulga mensagem a Bolsonaro

bahia

Governo prorroga decreto que libera eventos com até 500 pessoas na Bahia

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO