O Bruto | Adelmar promove lavagem de Arembepe com Lá Fúria e deputada Luíza diz que não vai permitir depreciação da mulher com dinheiro público

Adelmar promove lavagem de Arembepe com Lá Fúria e deputada Luíza diz que não vai permitir depreciação da mulher com dinheiro público

01/02/2016

A Banda La Fúria comandou a festa de Barra de Pojuca, no Litoral Norte de Salvador. Agora a banda deverá puxar o bloco “As Priguetes”, na Lavagem de Arempebe. Ao que parece a contratação já foi feita pelo prefeito de Camaçari, Adelmar Delgado. Quem não gostou nada foi à deputada do PT, Luíza Maia. Defensora das causas da mulher e autora da lei anti-baixaria, a parlamentar afirma que não vai permitir a apresentação da banda que segundo ela tem o mesmo segmento do grupo extinto New Hit, que foi condenado por envolvimento com estupro de duas jovens.

“Disseram que em Pojuca não cantou baixaria, mas eles não tem repertório que não seja baixaria. É sim o dinheiro público para depreciar a mulher, pelos títulos das músicas você vê, crianças e adolescentes fazendo a propaganda, pura alusão ao sexo. La Fúria não vai cantar em Camaçari”, garantiu Luíza. A deputada aposta que é uma “pirraça’ do atual gestor com quem ela e o ex-marido, o deputado Luiz Caateno (PT) brigaram. A deputada afirma que já acionou o Ministério Público e que fará o possível para cancelar o contrato.

Durante a entrevista ela falou ainda sobre o “Bloco Antibaixaria na luta pela Propaganda Sem Machismo”!. Este é o tema da 5ª edição do Bloco Antibaixaria, que sai na segunda-feira de Carnaval, dia 08/02, no tradicional circuito da Mudança do Garcia – que este ano terá novo nome: Circuito Riachão.

Notícias Relacionadas

TREMENDAL

Homem é preso na Bahia por esquartejar esposa no Natal

auxilio

Na Bahia, João Roma promete Auxílio Brasil permanente

politica

Após aprovação do relatório final da CPI, Trump divulga mensagem a Bolsonaro

bahia

Governo prorroga decreto que libera eventos com até 500 pessoas na Bahia

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO