O Bruto | Cânion de Xingó entre Sergipe e Alagoas deve passar por inspeção

Cânion de Xingó entre Sergipe e Alagoas deve passar por inspeção

10/01/2022

Após um paredão desabar no Lago de Furnas, região do Capitólio em Minas Gerais, no último final de semana, onde 10 pessoas morreram e 27 ficaram feridas, o governo de Sergipe informou, nesta segunda-feira (10), que vai acionar o governo de Alagoas para que seja realizada, em parceria, uma inspeção no Cânion de Xingó, que fica na divisa entre os dois estados.

O local é um dos dos pontos turísticos mais visitados de Sergipe, recebendo centenas de pessoas diariamente.

Segundo o secretário de estado do turismo de Sergipe, Sales Neto, a meta é fazer um estudo preventivo envolvendo os dois governos, órgãos de segurança e universidades.

“É importante ressaltar que as condições do Cânion de Xingó é totalmente diferente das do Capitólio em Minas Gerais. Nós não temos cachoeiras passando por cima do Cânion, não temos correntes de água e os índices de chuva de Sergipe e Alagoas são muito mais baixos do que os de Minas Gerais. Portanto, é uma questão de prevenção”, explicou.

Xingó

O Cânion de Xingó foi formado pela hidrelétrica entre os municípios Canindé do São Francisco (SE) e de Piranhas (AL). São 62 km² de espelho d’água e em alguns locais a profundidade chega a 170 metros.

Notícias Relacionadas

economia

Novas tarifas de pedágio das BRs 324 e 116 entram em vigor na quinta-feira

coronavirus

Brasil registra 221 novas mortes por Covid-19

economia

Correios reajustam tarifas para envio de cartas

brasil

PRF inicia campanha Maio Amarelo para alertar sobre trânsito

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ 45 = 53

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO