O Bruto | É mais fácil ganhar na Mega-Sena do que faturar o que Cunha lucrou com movimentações ilícitas

É mais fácil ganhar na Mega-Sena do que faturar o que Cunha lucrou com movimentações ilícitas

09/01/2016

É mais fácil se tornar um milionário da Mega-Sena do que lucrar os R$ 917 mil que Eduardo Cunha embolsou, entre 2004 e 2005, com papéis movimentados pela Prece, o fundo de pensão dos funcionários da companhia de água do Rio. A constatação feita pela a apuração da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) mostra  que as taxas de sucesso de Cunha nas operações foram de 100% no mercado de dólares e de 98% em outro papel e revelam “claro indício de fraude”; CVM e a PGR resumiram o esquema da seguinte forma: “todos os prejuízos ficavam para os fundos e todos os lucros para determinados clientes das corretoras, dentre eles Eduardo Cunha, Lúcio Funaro”; perdas da Prece somaram, entre 2003 e 2005, R$ 56 milhões em valores da época não atualizados.

“Para se ter uma ideia, a probabilidade de se obter uma taxa de sucesso de 98% ocorre em uma vez para cada 257 septilhões. Sabendo-se que a chance de ganhar a Mega Sena quando se faz a aposta mínima é de 1 em 50 milhões, verifica-se que a chance de uma taxa de sucesso de 98% é praticamente nula e decorre claramente de uma fraude”, afirma a PGR.

Notícias Relacionadas

TREMENDAL

Homem é preso na Bahia por esquartejar esposa no Natal

auxilio

Na Bahia, João Roma promete Auxílio Brasil permanente

politica

Após aprovação do relatório final da CPI, Trump divulga mensagem a Bolsonaro

bahia

Governo prorroga decreto que libera eventos com até 500 pessoas na Bahia

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO