O Bruto | SP: Passista tira roupa durante desfile das escolas de samba

SP: Passista tira roupa durante desfile das escolas de samba

07/02/2016

A modelo Ju Isen, conhecida como musa do impeachment,  tirou a roupa enquanto desfilava neste sábado (06), pela escola Unidos do Peruche, em São Paulo. A passista foi retirada do sambódromo do Anhembi por seguranças e pelo presidente da Liga Independente das Escolas de Samba, Paulo Sérgio Ferreira, depois da situação.

A passista disse que se machucou ao ser “expulsa” pelos seguranças e vai processar a Escola. O mesmo deve fazer a Unidos do Peruche, que pode ser penalizada por conta da atitude da modelo, que disse estar protestando ao tirar a roupa.

Ju teria sido impedida de usar um tapa-sexo com a imagem da presidente Dilma Rousseff, como protesto contra o governo federal durante o desfile “Não sei por que proibiram, mas estou muito chateada. Estou me sentindo injustiçada. Eu quero o impeachment, o povo quer o impeachment”.

A modelo conta ainda, que foi pressionada a trocar de fantasia e pouco antes de entrar na Avenida a fizeram usar o “macacão”, que ela acabou tirando ao passar pela ala dos camarotes do sambódromo. O presidente da Unidos do Peruche, Ney de Moraes, disse que “O que ela fez não foi legal. Tem um monte de criança, um monte de gente. Isso só acaba denegrindo a imagem do carnaval”, afirmou.

A assessoria da Liga das Escolas de Samba de São Paulo explica que o regulamento não proíbe manifestações políticas,  porém, caso alguém se posicione contra algo apresentado no desfile, é possível uma ata e a plenária da Liga pode avaliar a questão e determinar a punição na segunda-feira (8).

Notícias Relacionadas

TREMENDAL

Homem é preso na Bahia por esquartejar esposa no Natal

auxilio

Na Bahia, João Roma promete Auxílio Brasil permanente

politica

Após aprovação do relatório final da CPI, Trump divulga mensagem a Bolsonaro

bahia

Governo prorroga decreto que libera eventos com até 500 pessoas na Bahia

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO