O Bruto | Grandes artistas arrastam pipoca no Circuito Barra-Ondina

Grandes artistas arrastam pipoca no Circuito Barra-Ondina

06/02/2016

Os ritmos do Carnaval estão contagiando milhares de foliões, que dividem os cerca de quatro quilômetros entre a Barra e Ondina, num circuito sem fronteiras. Os trios sem cordas apoiados pelo Governo do Estado, como o do cantor Saulo, aproximam gente de diversos países, de outros estados e, claro, baianos.

Turista cativa do Carnaval de Salvador, Ana Paula Correa, 28 anos, veio de Sorocaba, no interior de São Paulo, e aprovou a liberdade dos blocos sem cordas. “Já pulei com corda, mas sem corda está maravilhoso. Eu acho que assim possibilita que outras pessoas participem. E a energia é espetacular”.

Soteropolitana, a representante comercial Tiana Souza, 39, foi com marido e filha, de dez anos, atrás do trio de Saulo. “A festa está ótima, sem corda, com a família, com criança, está muito bom”. Nesta sexta-feira (5), também desfilam pelo circuito Dodô (Barra-Ondina), sem cordas, os trios do É O Tchan, Léo Santana, Aline Rosa, A Vingadora, Papazoni e Selva Branca.

Notícias Relacionadas

TREMENDAL

Homem é preso na Bahia por esquartejar esposa no Natal

auxilio

Na Bahia, João Roma promete Auxílio Brasil permanente

politica

Após aprovação do relatório final da CPI, Trump divulga mensagem a Bolsonaro

bahia

Governo prorroga decreto que libera eventos com até 500 pessoas na Bahia

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO