O Bruto | Rio Vermelho: Vandalismo já prejudicou cerca de 40% das áreas verdes

Rio Vermelho: Vandalismo já prejudicou cerca de 40% das áreas verdes

03/02/2016

A Secretaria Cidade Sustentável (Secis) estima que aproximadamente 40% das áreas verdes recuperadas pela Prefeitura nos três anos da gestão ACM Neto foram prejudicadas ou danificadas em ações de vandalismo. De acordo com o secretário André Fraga (Secis), as principais áreas afetadas ficam nas avenidas ACM e Avenida Luis Eduardo Magalhães, além das orlas de Itapuã, Piatã e até do Rio Vermelho, inaugurada na última sexta-feira (29), e que teve parte do jardim que enfeita o novo mirante da Praia da Paciência destruída.

“Esta ação vem ocorrendo há algum tempo, e tem sido bastante prejudicial para a cidade, visto que grande parte do trabalho executado nos últimos anos vem sendo destruído gratuitamente por ações de vandalismo. Quem perde com isso é a cidade e seus moradores. Perde inclusive financeiramente, porque a Prefeitura precisa novamente investir recursos para refazer as intervenções”, lamentou o secretário.

Em ações contínuas, a Secis já realizou o plantio de aproximadamente 43 mil mudas em toda a capital baiana. Para a realização deste trabalho, a secretaria conta com o apoio da comunidade, escolas, voluntários e outros agentes. “Com a participação da comunidade tentamos reprimir o vandalismo, e em muitos locais ainda temos o trabalho preservado, graças a essa parceria”, informa o diretor de Áreas Verdes, Parques e Jardins de Salvador da Prefeitura, Uelber Reis.

Notícias Relacionadas

TREMENDAL

Homem é preso na Bahia por esquartejar esposa no Natal

auxilio

Na Bahia, João Roma promete Auxílio Brasil permanente

politica

Após aprovação do relatório final da CPI, Trump divulga mensagem a Bolsonaro

bahia

Governo prorroga decreto que libera eventos com até 500 pessoas na Bahia

SIGA:
© 2017 Todos os Direitos Reservados à O BRUTO